pinga | Caipirinha Prendada

Tag - pinga

Caipidrink de Uva Itália

Sempre que via a uva tinha vontade de experimentar na caipirinha, ou melhor, num caipidrink, já que pela legislação caipirinha é apenas de limão, açúcar, gelo e cachaça. Aliás a cachaça é a única bebida que vai em nossas receitas.

Mas, leis e detalhes a parte, o nosso drink ficou muito bom. O sabor e frescor da bebida foi exatamente como eu tinha imaginado.

Desta vez fiz com a cachaça orgânica Sanhaçu que conhecia pelas redes sociais e adquiri num evento diretamente dos produtores. Esta cachaça, no processo produtivo, é armazenada em toneis de umburana e possui 40% e volume alcoólico. Ah, e como eu queria uma bebida bem fresca, deixei até a cachaça na geladeira por algumas horas e o resultado foi bem legal. Assim como a cerveja, a caipirinha/ caipidrinks ficam ótimos bem gelados e comprovei isto nesta receita.

No mais, não teve nenhum ingrediente. Curtimos e aprovamos o sabor final feito com a cachaça orgânica da Sanhaçu. Produto certificado e premiado em Bruxelas no ano 2015 – Prata Spirits.

Confira a receita e passo a passo como testei e achei que deu super-certo. É uma dica, mas você pode incrementar ao gosto. Daí, lembre de comentar e compartilhar aqui porque sou curiosa e gosto de testar.

Ingredientes:

– 2 doses (100 ml) de cachaça gelada
– 2 colheres (sobremesa) de açúcar
– 1 limão (metade caldo e metade amassada)
– 12 uvas cortadas ao meio e sem semente (neste receita fizemos com uva Itália)
– gelo a gosto

Modo de Preparo:

Cortei as uvas ao meio e retirei apenas as sementes; acrescentei o limão, descascando metade e cortando em cubos o restante, tirando o miolo e a outra metade exprimi para tirar o caldo. Acrescentei o açúcar e amassei bem a uva e o limão. Coloquei tudo numa coqueteleira e acrescentei a cachaça e agitei bem. Então, voltei para o copo, coloquei o gelo à vontade. Decore como quiser.

Sempre gosto de deixar um pedaço da fruta na borda do copo ou quando dá a fruta mesmo para que possa degustar in natura.

Sirva e aproveite para colocar a conversa em dia com os amigos e com a família.

Aproveite para conferir as outras receitas aqui no blog, mande fotos das receitas que você fizer e comente nas nossas redes sociais.

Mas, lembre-se: beba com moderação para não estragar a diversão.

Caipirinha com Maracujá

Empolgada em conhecer, experimentar e compartilhar o que fica bom com frutas inusitadas para adicionar à tradicional caipirinha, resolvi fazer uma das tradicionais para aproveitar a safra de 1 maracujá que teve aqui em casa (risos).

Mas nesta receita, incluímos também o limão para intensificar o sabor do maracujá. Afinal, nossa premissa é reforçar o conceito da caipirinha, mantendo os ingredientes da original e acrescentando novos sabores.

Sou suspeita para falar porque adoro sabores azedos, mas esta ficou show. Besteira tirar o limão, ele tem que ficar!

Confira os ingredientes e modo de preparo:

Ingredientes:

  • - 1 limão taiti
  • - 60 ml de cachaça (novamente usei uma edição especial que ganhei do amigo Marco Rossi)*
  • - 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • - ½ maracujá pequeno
  • - Gelo a gosto

Modo de Preparo:

Usei um pote com tampa e coloquei o limão no copo como de costume: deixei um pouco da casca, tirei o miolo, cortei em 4 partes e coloquei no copo com a polpa para cima. Acrescentei o açúcar e amassei.

Acrescentei o maracujá, fechei o pote e chacoalhei bem para soltar o sabor da fruta e misturar bem com os demais ingredientes. Abri e coloquei o gelo, acrescentei a cachaça, decorei o copo com o limão e deixei para mexer só depois. Porque daí na foto dá o efeito bifásico – a cachaça, apesar de ter um pouco de cor por causa do tipo de bebida usado, ela fica bem clarinha no drink. Aí, em cima fica transparente, o limão de decoração no copo aparece melhor e o maracujá dá um efeito degradê da polpa e um toque legal das sementes. Fica uma bebida linda e saborosa.

* A cachaça usada foi uma Premium que ganhei do meu amigo Marco Rossi. Ele tem uma edição limitada de reserva especial para presentear os amigos, tem até numeração na garrafa e a da minha é a 177. É uma cachaça produzida em alambique de cobre, mas armazenada em toneis de Jequitibá,  Umburana e Castanheira.

Espero que gostem. Experimentem e comentem aqui o que achou.

Mas, lembrem-se: Beba com moderação, não estrague a diversão.

Um abraço e até mais!!!

Caipirinha com Pepino

Desde que comecei a ver o pepino ser indicado nas receitas de sucos detox, pensei que pudesse ficar com quando acrescentado aos ingredientes da caipirinha. Sem contar também aquela entradinha dos restaurantes de comida japonesa com pepinos cortados bem fininhos e que fica uma delícia.

Foi com um olhar de adaptação que resolvi trazer o pepino para a caipirinha. No entanto, sempre que tenho alguma ideia pesquiso do google para ver o que encontro já testado como foi feito e faço como está ou adapto como acho que fica melhor. Até hoje só a caipirinha com Jabolão que quando resolvi fazer não encontrei nenhuma referência nas redes sociais e foi um desafio e motivo de orgulho para mim (risos). A receita também está aqui no blog e foi compartilhada no Instagram e Fan Page @caipirinhaprendada.

Mas, voltando à  nossa caipirinha com pepino, fiz cortadinha igual é feito em restaurante japonês na entrada do rodízio. Confira os ingredientes e modo de preparo logo abaixo:

Ingredientes:

  •  1 limão taiti
  • 60 ml de cachaça (aqui usei uma edição especial que ganhei do amigo Marco Rossi)*
  • 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • Pepino japonês (5-6 centímetros)
  • Gelo a gosto

Modo de Preparo:

Cortei o pepino em rodelas bem fininhas, acrescentei o açúcar e amassei bem para soltar o sabor do pepino.

Acrescentei o limão cortado e descascado como de costume na caipirinha tradicional, deixando um pouco da casca, tirando o miolo e cortando em 4 partes. Na hora de amassar o limão, deixo a polpa para cima e aperto para soltar o caldo. Vou mexendo para misturar com o açúcar e, nesta receita, com o pepino.

Acrescentei o gelo, umas 6 pedras porque gosto de bastante gelo.

Em seguida, acrescentei a cachaça.

Finalizei decorando o copo com rodelas de pepino. Sempre gosto de colocar o ingrediente diferente in natura para as pessoas provarem, além de identificar o drink e ser um diferencial para as fotos. Imagem e sabor estão andam juntos.

O sabor ficou ótimo. A cachaça usada para esta receita acredito que também fez a diferença nesta combinação do pepino com os ingredientes da tradicional caipirinha (limão, cachaça, açúcar e gelo). É uma cachaça Premium que ganhei do meu amigo Marco Rossi que tem uma edição limitada de reserva especial para presentear os amigos, tem até numeração na garrafa e a da minha é a 177. É uma cachaça produzida em alambique de cobre, mas armazenada em toneis de Jequitibá,  Umburana e Castanheira.

Estou me aprimorando em conhecer os tipos de cachaças e a harmonia de cada uma com os ingredientes acrescentados à caipirinha para poder explicar melhor aqui no blog. Aguardem a evolução do nosso conteúdo (risos).

Mas foi isto, os convidados adoraram, a receita foi aprovado e está qui no blog para vocês.

Espero que gostem. Experimentem e comentem aqui o que achou.

Mas, lembrem-se: Beba com moderação, não estrague a diversão.

Um abraço e até mais!!!

Caipirinha com Caqui

Nunca imaginei que a combinação do caqui com os ingredientes da tradicional caipirinha seria tão interessante.

De tanto ver a fruta tão bonita, não resisti e resolvi experimentar na caipirinha e ficou 10. Super-recomendo.

Fiz com a cachaça Premium da marca mineira Alambique Diamond – 40% vol. de álcool.

Confira como fizemos.

 

Ingredientes:

  • 2 limões rosa
  • 50ml de cachaça
  • 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • 1/2 caqui ou o quanto desejar
  • gelo a gosto

 

Modo de preparo:

Coloquei a metade do caqui com casca mesmo e amassei com o açúcar, depois acrescentei o limão descascado e sem sementes. Amassei também. Mexi bem para misturar os ingredientes e distribuir o sabor. Coloquei o gelo e acrescentei a cachaça.

Olha que ficou muito bom! Tão bom que no dia seguinte fiz novamente numa festa que fui, mas daí como a quantidade era maior, optei por bater metade do caqui no liquidificar e metade amassada porque gosto dos pedacinhos das frutas. E sabe de uma coisa: ficou melhor ainda porque o sabor do caqui que é bem sutil, ficou mais intenso um pouco.

Seja batido no liquidificador ou não, fica bom do mesmo jeito, mas daí já vale um novo post para explicar certinho como fizemos, apesar de ser com os mesmos ingredientes. O modo de fazer, por fim, será questão de gosto. Mas podem apostar que o caqui combina e muito com caipirinha.

 

Caipirinha com Seriguela

Carnaval tem tudo a ver com seriguela, então, resolvi fazer uma homenagem e curtir o meu sossego na serra apenas saboreando uma caipirinha com esta fruta que aprecio desde criança.

Ingredientes:

  • - 2 limões taiti
  • - 4 colheres (sobremesa) de açúcar
  • - 100 ml de cachaça
  • - 12 pedras de gelo
  • - 20 seriguelas porque gosto de sentir mesmo o sabor da fruta.

Modo de Preparo:

Lave as seriguelas e coloque no copo, acrescente o açúcar para amassar e soltar o sabor da fruta. Não tirei o caroço porque tiraria também muito da fruta e ele curtido vai soltando também o sabor.

Acrescente o limão e soque para soltar bem o caldo;

Acrescente o gelo;

Coloque a cachaça e mexa bem.

Deixe uma fruta inteira no topo do copo para que quem não conhece a fruta possa saboreá-la inteira.

Ficou ótima! Sempre que eu ver vou comprar sim.

Caipirinha com Ursinhos Perigosos

Aqui, uma dica legal para quem gosta de surpreender com humor. Aliás esta ideia é uma adaptação de uns ursinhos encharcados com whisky que vi numa festa da minha amiga mineira, Eliza.

Aqui chamo de Caipirinha com Ursinhos Perigosos – sugestão do meu marido – porque este docinho com bebida alcoólica, apesar de ser engraçado e chamar a atenção, é um perigo. Afinal, o docinho aqui ele está associado com álcool.

Achei bem legal, consumi moderadamente e quando comecei com o Blog Caipirinha Prendada, logo tive a ideia de associar aqui nas caipirinhas.

Como este doce chama a atenção das crianças, você pode colocar na Soda ou Sprite que fica igual e eles não vão querer “roubar” do seu copo.

Ah, outra dica que é super-válida:  beba com moderação para não estragar a diversão.

Caipirinha com Jamelão ou Jambolão?

Sei não, mas ficou muito bom!!!  Desde que resolvi me envolver neste desafio de manter um blog atualizado e com novidades, o meu olhar para as frutas mudou (risos).

Todas que vejo, mostro para o meu marido e ela diz: uhmmm, deve ficar bom no suco, mas o pensamento é um só: Será que fica bom com caipirinha?

Passeando em Conchal, pequena cidade aqui do interior de São Paulo, resolvi fazer uma caminhada no lago que tem por lá. Eis que no percurso no local tem várias árvores de Jambolão. Ah, não deu outra. Logo peguei um tanto tomando cuidado para não manchar a roupa e levei para testar com a caipirinha.

E não é que deu super-certo. Abaixo os ingredientes e modo de fazer. Confira!

 

Caipirinha com Jambolão

Ingredientes:

  •  2 limões taiti  cortados e 4 partes
  • 1 ½ dose de cachaça – Usei a Bidestilada Santo Mário
  • 2 colheres (sopa) de açúcar refinado
  •  25 a 30 unidades de jambolão para ficar com uma cor bem bonita e soltar o sabor da fruta
  • 10 pedras de gelo

Modo de Preparo:

Comece amassando o jambolão com o açúcar para ficar mais fácil de esmagar os frutos e soltar o sabor. Cuidado para não deixar espirrar na roupa porque mancha e muito. Ideal usar um avental.

Então, descasque os limões deixando um pouco da casca, corte em 4 partes, mas tire o miolinho branco. Amasse bem para soltar o suco. Misture bem.

Acrescente a cachaça, nesta receita fizemos com a bidestilada porque acho mais leve e quando tem muitas mulheres provando, todas adoram! Daí, como queria surpreender com a receita, não pensei 2 vezes: vamos de bidestilada e a que eu tinha na ocasião era a do Engenho Santo Mário que minha irmã trouxe de Catanduva para mim.

Acrescente o gelo e mexa novamente. Além de linda, a caipirinha com jambolão ficou uma delícia!

Todos adoraram! Homens e Mulheres, foi unanimidade. A única dúvida que ficamos foi em relação ao nome da fruta: Jambolão ou Jamelão (risos).

Observação: Em Alagoas conheci como Jamelão, mas meu marido teimou comigo que era Jambolão. Para não discordar e ele continuar me ajudando nos experimentos das caipirinhas que preparo, concordei (risos).

Até nosso próximo post e, lembre-se: Beba com moderação para não estragar a diversão!

 

Cupcake de Caipirinha

Pesquisando novidades no preparo da caipirinha para testar e compartilhar com vocês, eis que encontro esta receita de Cupcake de Caipirinha do Blog “Que Fofurice” da querida Sam Wüppsch. Claro que não poderia deixar de postar aqui.

Não tenho pretensão de fazer esta porque minha habilidade mesmo é fazer caipirinha, mas se você fizer, comenta aqui o que achou, se ficou bom mesmo e manda a foto para postarmos nas nossas redes sociais.

Segue a receita:

CUPCAKE de caipirinha – Rendimento: 24 unidades 0B

Ingredientes:
- 3xícaras de farinha de trigo
- 1 colher de sopa de fermento em pó
- 1 xícara de manteiga com sal em temperatura ambiente
- 2 xícaras de açúcar
- 4 ovos
- Raspas de 3 limões
- Suco de 3 limões
- 1 colher de sopa de baunilha
- 1 xícara de leite
- Cachaça e pincel
Modo de preparo:
1) Pré-aqueça o forno a 220°C. Coloque as forminhas de papel na assadeira de cupcake.  Peneire 2 vezes a farinha e o fermento (reserve). Misture o leite com o suco de limão (reserve).
2) Na batedeira, em velocidade média-alta, bata a manteiga com o açúcar por 2 minutos.
3) Adicione os ovos 1 a 1 batendo em velocidade média por 30 segundos após cada adição. Acrescente as raspinhas e bata por 20 segundos.
4) Junte o leite com limão à massa e bata por mais 30 segundos. Raspe bem as laterais e bata por mais 30 segundos.
5) Acrescente a farinha com fermento e bata por 1 minuto e meio.
6) Preencha 3/4 de cada forminha e leve para assar na grade posicionada no meio do forno.
7) Asse por 5 minutos a 220°C e 10 minutos a 180°C ou até que os cupcakes estejam firmes ao toque.
8) Deixe descansar na assadeira por 5 minutos e depois transfira-os para uma grade de resfriamento.
9) Depois de frio pincele o topo do cupcake com cachaça. Não é para embebedar!!! É só dar uma pincelada. Se for rechear não precisa pincelar cachaça.
RECHEIO do Cupcake
Ingredientes:
- 300g de chocolate branco picado
- 80g de creme de leite fresco
- Raspas de 2 limões
- 25ml de cachaça
Modo de preparo:
1) Aqueça o creme de leite. Misture ao chocolate branco e deixe descansar por 5 minutos.
2) Após a pausa mexa vigorosamente até derreter todo o chocolate. Acrescente a cachaça e as raspinhas de limão.
3) Deixe descansar na geladeira por 2 horas. Antes de usar bata na batedeira por 2 minutos em velocidade média. Recheie imediatamente.
COBERTURA de Merengue italiano aromatizado de caipirinha para o cupcake
Ingredientes:
- 2 claras
- 1/2 xícara de açúcar
- 1/4 xícara de água
- 2 colheres de açúcar
- 1 colher de sopa de suco de limão (fica a seu critério colocar mais 2 colheres ou, não!)
- 1 colher de sopa de cachaça (fica a seu critério colocar mais 2 colheres ou, não!)
Material: Bico 2C e saco de confeitar
Modo de preparo:
1) Junte a água e a 1/2 xícara de açúcar e leve ao fogo baixo até dissolver. Mantenha o fogo baixo e deixe ferver até atingir 115° ou ponto de bala mole. Se você não tiver o termômetro demora uns 10 minutinhos e você pode testar colocando um pouco da calda em um copo com água fria. Com a ajuda dos dedos faça uma bolinha com a calda que deve ser bem macia.
2) Enquanto isso bata as claras em neve com as 2 colheres de açúcar até obter picos. Bata bem por uns 7 minutos.
3) Ainda com a batedeira ligada adicione a calda de uma só vez batendo em velocidade alta até o merengue esfriar. (5-6 minutos)
4) Acrescente o limão e a cachaça. Bata um pouquinho só para misturar.
Enfeitinhos: canudinhos e fatias de limão.
Observação: A autora do blog Fofurice onde encontrei esta receita, disse que fez do mini e do regular, mas achou que o mini ficou mais charmosinho, além de ser uma boa pedida para uma mesa de café. Ela ressalta ainda que o sabor de caipirinha é bem presente, então, coma com moderação! (risos)

Brigadeiro de Copinho – Sabor Caipirinha

Aqui, mais uma versão de brigadeiro sabor caipirinha.

Ingredientes:

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (sopa) de manteiga sem sal
  • 1 a 2 colheres (sopa) de Cachaça – ou a gosto
  • 3 colheres (sopa) de suco de limão
  • raspas da casca de um limão

Modo de Preparo:

Leve ao fogo médio e em uma panela de fundo grosso todos os ingredientes acima, com exceção das raspas do limão. Mexa com uma colher de pau e assim que conseguir ver o fundo da panela ao raspar a colher desligue antes de dar o ponto de enrolar porque o nosso brigadeiro é de copinho. Acrescente as raspas de limão e mexa bem.

Coloque a massa ainda quente em copinhos individuais. Decore com raspinhas de limão.

Fonte: www.caldeiraodabruxasolar.com

Sacolé de Caipirinha

Receita do Drinkolé – Rende: 50 unidades

Ingredientes:

  •  1 litro de suco de limão puro
  •  1 litro de cachaça (de preferência uma boa)
  •  800 g de açúcar
  • 3 litros de água
  • 10gr de goma xantana (encontrado em lojas como Casas Pedro)

Modo de Preparo:

Coloque tudo em um recipiente de pelo menos 6 litros e misture bem para dissolver o açúcar, coloque tudo nos saquinhos e depois no freezer. Após 24 horas estará tudo congelado e pronto para o consumo!

 

Fonte da receita e Foto: www.vejario.com.br