tropical | Caipirinha Prendada

Tag - tropical

Caipirinha com Folhas de Laranjeira

Passando o fim de semana na casa de campo da minha amiga Josy Magnani, não resisti às folhas de laranjeiras e limão rosa do quintal dela e resolvi colocar em prática a dica de um outro amigo, o Renato Maillo, que certa vez comentou comigo sobre caipirinha com folha de laranjeira.

Eu estava tão inspirada com a beleza de Gonçalves (MG) que usei um açúcar aromatizado com noz moscada, canela em pó e cravo.

Quer saber, ficou uma delícia!

Confira a receita:

  • 1 limão rosa, também conhecido como limão cravo ou limão caipira
  • 2 colheres (sopa) açúcar aromatizado
  • 6 folhas de laranjeira
  • gelo a vontade

Modo de fazer: Descascar e cortar o limão como ensinamos neste vídeo para não amargar. No copo, colocar as partes do limão com a polpa voltada para cima, acrescentar as folhas de laranjeira e, então, o açúcar. Amassar bem para soltar o caldo do limão e masserar as folhas que soltarão o sabor da laranjeira.

Misturar bem. Colocar o gelo e acrescentar a cachaça. Finalizar decorando a borda com uma lâmina do limão e um galhinho com folhas da laranjeira para dar o toque final e sinalizar o sabor do nosso drink.

Ficou uma delícia!

 

Dica: Use 2 copos para fazer a caipirinha como apresentada na foto. Em um copo você amassa o limão, as folhas e o açúcar num copo e reserva o conteúdo. O outro você decora a borda passando na cachaça e, em seguida, no açúcar aromatizado. Daí, é só passar o limão do primeiro copo para este com a borda decorada, sem deixar o conteúdo encostar para não estragar a decoração. Acrescenta o gelo e a cachaça e pronto. Só saborear!

Mini-Caipirinhas para o almoço de Dia dos Pais:

Opção para experimentar vários sabores sem exagerar na dose

 Quem nunca se deparou diante de vários sabores de caipirinhas e ficou em dúvida sobre qual tomar? Há ainda aqueles mais ousados que encaram e, ao final, sofrem com o exagero porque, normalmente, a bebida é servida em copo médio para grande.

Miniaturas: Vários sabores de frutas vermelhas

Miniaturas: Vários sabores de frutas vermelhas

 

Me deparei com esta questão quando comecei o blog ao receber os amigos para experimentar as receitas que testo antes de postar. Empolgada, preparava 3 a 4 sabores diferentes no copo tradicional de caipirinha que é bem grandinho. Foi então, que comecei usar os 4 copinhos de cachaça que eu tinho e fez sucesso. Então, inteirei 24 unidades e todos gostam porque além de ficar uma graça, porque decoro igual faço nos copos grandes, permite que experimentem os vários sabores que preparo e sem exagerar.

 

Gostou da ideia? Que tal testar no almoço em comemoração ao Dia dos Pais? Só separar os copinhos e escolher uma das nossas receitas aqui no blog e olha que são váááárias!

Mas, lembre-se: Beba com moderação para não estragar a diversão.

Aproveito para convidar você a curtir nossas redes sociais. Estamos no You Tube, no Instagram, no Pinterest e também temos uma Fan Page no Facebook.

Caipidrink de Tomate

Desde que vi algumas receitas de caipirinha usando tomate cereja fiquei tentada a experimentar, mesmo não sendo fã nem do suco de tomate. Isto porque a cachaça pode mudar todo um paladar. Pelo menos foi o que percebi quando fiz a caipirinha COM pepino ou caipidrink de pepino, como preferir chamar – achei que seria um drink sem graça e ficou uma delícia.

Diante disto, mesmo não sendo muito fã do suco de tomate, resolvi testar e fazer uma  receita de caipirinha acrescentando o tomate.

Não foi uma receita inesquecível, talvez porque eu não seja muito chegada em tomate, mas quem estava junto e tomou gostou bastante.

Fiz com a cachaça Velho Barreiro OURO com 39% de teor alcoólico. Na garrafa não tem mais detalhes sobre a bebida, por isso, não descreverei aqui. A embalagem é linda, dourada e não resisti. Comprei para saborear com minhas caipirinhas e escolhi para fazer esta receita. Não é apenas uma bebida em embalagem bonita não, o sabor é diferente e na caipirinha ficou bem legal. Gosto de fazer caipirinhas mudando as cachaças porque cada uma tem sua particularidade e faz a diferença conforme as frutas usadas, o paladar de cada um etc.. Estou adorando conhecer a variedade de cachaças e o resultado de cada uma nas minhas receitas.

Mas falando no nosso caipidrink com tomate, seguem os ingredientes e como fiz a receita.

Ingredientes:

  • 2 doses (100 ml) de cachaça gelada
  • 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • 1 limão (descascado deixando um pouco da casca e tirando o miolo)
  • 8 tomates cortados ao meio
  • gelo a gosto

Modo de Preparo: 

Corte os tomates ao meio, acrescente o limão cortado em cubos e sem o miolo. Acrescente o açúcar e amasse bem o tomate e o limão. Coloque tudo numa coqueteleira e crescente a cachaça e agite bem. Então, volte para o copo, coloque o gelo à vontade. Decore como quiser.

Como em todos os meus drinks, deixei um tomate na borda do copo para decorar e identificar o sabor da bebida. Aqui, aproveitei para usar o mexedor que ganhei da Vivian Bruniera.

Pronto, agora só servir e aproveitar para colocar a conversa em dia.

Mas, lembre-se: beba com moderação para não estragar a diversão.

Aproveite para conferir as outras receitas aqui no blog, mande fotos das receitas que você fizer e comente nas nossas redes sociais.

Caipidrink de Uva Itália

Sempre que via a uva tinha vontade de experimentar na caipirinha, ou melhor, num caipidrink, já que pela legislação caipirinha é apenas de limão, açúcar, gelo e cachaça. Aliás a cachaça é a única bebida que vai em nossas receitas.

Mas, leis e detalhes a parte, o nosso drink ficou muito bom. O sabor e frescor da bebida foi exatamente como eu tinha imaginado.

Desta vez fiz com a cachaça orgânica Sanhaçu que conhecia pelas redes sociais e adquiri num evento diretamente dos produtores. Esta cachaça, no processo produtivo, é armazenada em toneis de umburana e possui 40% e volume alcoólico. Ah, e como eu queria uma bebida bem fresca, deixei até a cachaça na geladeira por algumas horas e o resultado foi bem legal. Assim como a cerveja, a caipirinha/ caipidrinks ficam ótimos bem gelados e comprovei isto nesta receita.

No mais, não teve nenhum ingrediente. Curtimos e aprovamos o sabor final feito com a cachaça orgânica da Sanhaçu. Produto certificado e premiado em Bruxelas no ano 2015 – Prata Spirits.

Confira a receita e passo a passo como testei e achei que deu super-certo. É uma dica, mas você pode incrementar ao gosto. Daí, lembre de comentar e compartilhar aqui porque sou curiosa e gosto de testar.

Ingredientes:

– 2 doses (100 ml) de cachaça gelada
– 2 colheres (sobremesa) de açúcar
– 1 limão (metade caldo e metade amassada)
– 12 uvas cortadas ao meio e sem semente (neste receita fizemos com uva Itália)
– gelo a gosto

Modo de Preparo:

Cortei as uvas ao meio e retirei apenas as sementes; acrescentei o limão, descascando metade e cortando em cubos o restante, tirando o miolo e a outra metade exprimi para tirar o caldo. Acrescentei o açúcar e amassei bem a uva e o limão. Coloquei tudo numa coqueteleira e acrescentei a cachaça e agitei bem. Então, voltei para o copo, coloquei o gelo à vontade. Decore como quiser.

Sempre gosto de deixar um pedaço da fruta na borda do copo ou quando dá a fruta mesmo para que possa degustar in natura.

Sirva e aproveite para colocar a conversa em dia com os amigos e com a família.

Aproveite para conferir as outras receitas aqui no blog, mande fotos das receitas que você fizer e comente nas nossas redes sociais.

Mas, lembre-se: beba com moderação para não estragar a diversão.

Caipirinha com Goiaba

A goiaba que fica uma delícia no suco, na geleia e nos doces, também fica muito saborosa na caipirinha.

Até brinco dizendo que se uma fruta ou legumes dá doce, geleia ou salada, a chance é de 99% de dar certo associada à caipirinha. Por exemplo, todo mundo adora a nossa receita de caipirinha com banana; a caipirinha de rúcula também fica show, assim como a de pepino e caqui, todas estas e muitas outras aqui no blog.

Mas, falando da caipirinha de goiaba, além do sabor, descobrimos que é possível ter um visual bifásico como este que está na foto. Foi por acaso que descobrimos, mas no modo de preparo explicamos como fazer. Confira!

Ingredientes:

  • - 2 doses (100 ml) de cachaça
  • - 2 colheres de açúcar
  • - 2 limões (1 Caldo/ amassado)
  • - 1 goiaba vermelha – tamanho médio ou grande
  • - gelo a gosto

Modo de Preparo: Bata no liquidificador a goiaba, com 50 ml de cachaça, 1 limão espremido (só o caldo), 1 colher de açúcar e, se desejar, algumas pedras de gelo também para a mistura ficar bem cremosa. Da primeira vez que fiz não peneirei e achei meio ruim ter que ficar tirando as sementes quebradas, desde então, sempre passo pela peneira. Reserve este creme de goiaba.

Daí, no copo onde servirá a caipirinha com goiaba, amasse 1 limão do jeito que é feito na caipirinha original – tirando um pouco da casca, o miolo branco, cortado em 4 partes, daí acrescente 1 colher de açúcar e amasse. Lembrando que a polpa do limão é recomendável que fique virada para cima porque daí não espreme tanto a casca e evita de amargar. Acrescente 1 dose de cachaça (50 ml) e mexa bem para misturar todos os ingredientes desta base. Assim que acabar de amassar o limão da base, já pode acrescentar o tanto de gelo que desejar.

Após o gelo, coloque no copo a mistura que bateu feita com a goiaba e não mexa mais para que o conteúdo fique bifásico (verde na base e vermelho na parte de cima). É legal deixar para quem for beber mexer porque fica lindo o visual.

Vale explicar aqui que a receita de onde pesquisamos não tinha o limão, não recomendava peneirar, a cachaça era toda colocada na mistura que bate com a goiaba e orientava para mexer tudo. No entanto, para o nosso blog queremos dar dicas que deixem o drink bonito, saboroso e fiel ao conceito da caipirinha. Então, por isso que acrescentando o limão que é a base da caipirinha, ajustamos a forma de misturar os ingredientes já que queremos a bebida bifásica e com sabor de cachaça, limão e açúcar bem distribuído nas 2 fases (vermelha e na verde) Na parte vermelha usamos o limão espremido para ela ficar mais leve e não misturar com a parte verde. Assim, quem quiser vai tomando como está sentindo todos os sabores ou mistura tudo de uma vez.

Mas, lembre-se: Beba com moderação, não estrague a diversão.

Caipirinha com Pepino

Desde que comecei a ver o pepino ser indicado nas receitas de sucos detox, pensei que pudesse ficar com quando acrescentado aos ingredientes da caipirinha. Sem contar também aquela entradinha dos restaurantes de comida japonesa com pepinos cortados bem fininhos e que fica uma delícia.

Foi com um olhar de adaptação que resolvi trazer o pepino para a caipirinha. No entanto, sempre que tenho alguma ideia pesquiso do google para ver o que encontro já testado como foi feito e faço como está ou adapto como acho que fica melhor. Até hoje só a caipirinha com Jabolão que quando resolvi fazer não encontrei nenhuma referência nas redes sociais e foi um desafio e motivo de orgulho para mim (risos). A receita também está aqui no blog e foi compartilhada no Instagram e Fan Page @caipirinhaprendada.

Mas, voltando à  nossa caipirinha com pepino, fiz cortadinha igual é feito em restaurante japonês na entrada do rodízio. Confira os ingredientes e modo de preparo logo abaixo:

Ingredientes:

  •  1 limão taiti
  • 60 ml de cachaça (aqui usei uma edição especial que ganhei do amigo Marco Rossi)*
  • 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • Pepino japonês (5-6 centímetros)
  • Gelo a gosto

Modo de Preparo:

Cortei o pepino em rodelas bem fininhas, acrescentei o açúcar e amassei bem para soltar o sabor do pepino.

Acrescentei o limão cortado e descascado como de costume na caipirinha tradicional, deixando um pouco da casca, tirando o miolo e cortando em 4 partes. Na hora de amassar o limão, deixo a polpa para cima e aperto para soltar o caldo. Vou mexendo para misturar com o açúcar e, nesta receita, com o pepino.

Acrescentei o gelo, umas 6 pedras porque gosto de bastante gelo.

Em seguida, acrescentei a cachaça.

Finalizei decorando o copo com rodelas de pepino. Sempre gosto de colocar o ingrediente diferente in natura para as pessoas provarem, além de identificar o drink e ser um diferencial para as fotos. Imagem e sabor estão andam juntos.

O sabor ficou ótimo. A cachaça usada para esta receita acredito que também fez a diferença nesta combinação do pepino com os ingredientes da tradicional caipirinha (limão, cachaça, açúcar e gelo). É uma cachaça Premium que ganhei do meu amigo Marco Rossi que tem uma edição limitada de reserva especial para presentear os amigos, tem até numeração na garrafa e a da minha é a 177. É uma cachaça produzida em alambique de cobre, mas armazenada em toneis de Jequitibá,  Umburana e Castanheira.

Estou me aprimorando em conhecer os tipos de cachaças e a harmonia de cada uma com os ingredientes acrescentados à caipirinha para poder explicar melhor aqui no blog. Aguardem a evolução do nosso conteúdo (risos).

Mas foi isto, os convidados adoraram, a receita foi aprovado e está qui no blog para vocês.

Espero que gostem. Experimentem e comentem aqui o que achou.

Mas, lembrem-se: Beba com moderação, não estrague a diversão.

Um abraço e até mais!!!

Caipirinha com Caqui

Nunca imaginei que a combinação do caqui com os ingredientes da tradicional caipirinha seria tão interessante.

De tanto ver a fruta tão bonita, não resisti e resolvi experimentar na caipirinha e ficou 10. Super-recomendo.

Fiz com a cachaça Premium da marca mineira Alambique Diamond – 40% vol. de álcool.

Confira como fizemos.

 

Ingredientes:

  • 2 limões rosa
  • 50ml de cachaça
  • 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • 1/2 caqui ou o quanto desejar
  • gelo a gosto

 

Modo de preparo:

Coloquei a metade do caqui com casca mesmo e amassei com o açúcar, depois acrescentei o limão descascado e sem sementes. Amassei também. Mexi bem para misturar os ingredientes e distribuir o sabor. Coloquei o gelo e acrescentei a cachaça.

Olha que ficou muito bom! Tão bom que no dia seguinte fiz novamente numa festa que fui, mas daí como a quantidade era maior, optei por bater metade do caqui no liquidificar e metade amassada porque gosto dos pedacinhos das frutas. E sabe de uma coisa: ficou melhor ainda porque o sabor do caqui que é bem sutil, ficou mais intenso um pouco.

Seja batido no liquidificador ou não, fica bom do mesmo jeito, mas daí já vale um novo post para explicar certinho como fizemos, apesar de ser com os mesmos ingredientes. O modo de fazer, por fim, será questão de gosto. Mas podem apostar que o caqui combina e muito com caipirinha.

 

Caipirinha com Caju e Pimenta

Depois de provar a caipirinha com caju, não resisti e fui conferir o que que dá a pimenta na bebida.

Coloquei uma pimenta inteira, só tirei a semente, e como se não bastasse amassei porque não sei da onde tirei a ideia que a pimenta dedo de moça é suave (risos)

Ficou bem ardida, mas há quem goste, com certeza. Para o meu paladar foi demais, mas no grupo que estávamos, teve quem adorou!

Aprovo e recomendo!

Mas, lembre-se: Beba com moderação, não estrague a diversão!

: )

Ingredientes:

  • - 50 ml de cachaça
  • - 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • - 1 limão taiti
  • - 1 caju
  • - ½ pimenta dedo de moça (coloquei inteira, mas me arrependi)
  • - gelo a gosto

Modo de Preparo:

O modo de preparo é o mesmo como fizemos a Caipirinha com Caju: basta cortar o caju em cubos; mas aqui ao invés de usar a ”tampa” do caju para decorar, usei a pimenta já para destacar bem que o drink é para os fortes (risos).

Acrescentei o açúcar para amassar bem o caju e soltar o caldo dele, depois coloquei a pimenta para amassar e, por último, o limão como sempre faço a tradicional caipirinha (descasquei deixando um pouco da casca, depois cortei em gomos tirando o miolo branco e coloquei os gomos com a polpa para cima para, então, socar o limão também para soltar o caldo). No entanto, quer uma dica de ouro? Não amasse a pimenta, não precisa porque mesmo sem amassar, só o fato de acabar de ser cortada ela solta o ardido. Mesmo que você tire todas as sementes porque eu tirei numa outra receita que inclui a pimenta e mesmo assim ardeu.

Daí, só mexer bem para misturar os sabores, acrescentar o gelo e depois a cachaça. Mexer novamente para equilibrar o sabor.

Decora como quiser, tanto pode usar o caju quem gosta ou a pimenta. Usei a pimenta para chamar mais atenção dos convidados e já sinalizar que o papo ali era forte (risos).

Pronto!!! Fácil de fazer e deliciosa para saborear.

Para mim é caipirinha com caju ou caipidrink de caju, mas há quem vá chamar de caipifruta. Só sei que ficou uma delícia!!!

BEBA COM MODERAÇÃO, NÃO ESTRAGUE A DIVERSÃO!

Caipirinha com Caju

Há tempos eu estava querendo fazer a caipirinha com caju. Sabor da minha infância, cheiro do  nordeste, quando eu ia visitar meus avós maternos e primos, lá em Alagoas.

Finalmente, chegou no hortifruti perto de casa, fiz e gostei muito. Nunca tinha experimentado o caju na caipirinha, mas a bebida ficou bem saborosa.

Aprovo e recomendo!

Mas, lembre-se: Beba com moderação, não estrague a diversão!

: )

Ingredientes:

  • - 50 ml de cachaça
  • - 2 colheres (sobremesa) de açúcar
  • - 1 limão taiti
  • - 1 caju
  • - gelo a gosto

Modo de Preparo:

Bem fácil, só cortar o caju em cubos. Tirei a tampa com a castanha e separei para decorar o copo. Deixei uma parte boa para encaixar na borda do copo, mas também para quem não conhece ou quem gosta da fruta in natura poder saborear.

Como cortei o cajuAcrescentei o açúcar para amassar bem o caju e soltar o caldo dele, depois coloquei o limão como sempre faço a tradicional caipirinha – descasquei deixando um pouco da casca, depois cortei em gomos tirando o miolo branco e coloquei os gomos com a polpa para cima para, então, socar o limão também para soltar o caldo.

Mexi bem para misturar os sabores, acrescentei o gelo e depois a cachaça. Mexi bem novamente para equilibrar o sabor.

Decorei a borda do copo com a tampinha do caju com a castanha.

Pronto!!! Fácil de fazer e deliciosa para saborear.

Para mim é caipirinha com caju ou caipidrink de caju, mas há quem vá chamar de caipifruta. Só sei que ficou uma delícia!!!

Caipirinha Frozen com Gelatina de Cachaça

Aqui outra receita de que me chamou a atenção por estar relacioanda à caipirinha: Caipirinha Frozen com Gelatina de Cachaça.

Encontrei no Blog do Avelar que está sem atualização recente, mas com várias receitas legais e esta é uma delas. Pelo que entendi, ele tinha um programa chamado Sabores de Minas que transmitido pela TV Alterosa e ele também registrava os trabalhos num Blog.

Apesar de não receber atualizações desde 2013, o conteúdo que foi postado é bem interessante. Vale a pena consultar lá: http://www.dzai.com.br/eduardoavelar/blog/blogdoavelar?tv_pos_id=88674

Abaixo tem a receita da Caipirinha Frozen com Gelatina de Cachaça. Confira:

 

Ingredientes:

  • 100ml de água
  • Suco de 2 limões
  • cubos de açúcar (a gosto)
  • 45g de gelatina sabor limão
  • 1 dose de cachaça
  •  Água para a gelatina
  • Caramelo de cachaça
  • Palitos de cana e rodelas de limão para decorar

 

Caramelo de cachaça:

Aqueça, em uma panela, um pouco de açúcar, uma dose de cachaça e um pouco de água até formar o ponto de caramelo. Retire do fogo, deixe esfriar e coloque em um tubo para servir. Conservar em geladeira por até 30 dias.

 

Preparo:

Bata o suco e a água no liquidificador e leve ao congelador. Aqueça uma dose de cachaça juntamente com a água em que irá dissolver a gelatina. Depois de dissolvida, acrescente um pouco de água fria e leve à geladeira para endurecer. Corte a gelatina em cubos e reserve. Depois de congelada a limonada, volte ao liquidificador e triture formando um frozen . Decore uma taça com o caramelo de cachaça, coloque no fundo alguns cubos de açúcar, um pouco do frozen , a gelatina de cachaça e repita essas camadas até completar a taça. Decore com os palitinhos de cana e rodelas de limão. Sirva com uma colher de sobremesa.

 

Esta receita não testei, apenas estou compartilhando. Se fizer, comenta aqui se ficou boa mesmo, se foi fácil de fazer. Queremos saber tudo!!!

Até nosso próximo post e, lembre-se: Beba com moderação para não estragar a diversão!